Definiçao de Ciencia politica e do seu objecto:


Imagem
 A ciência politica é uma ciência social, que quer dizer que é um domínio científico que se debruça sobre factos sociais na actualidade, isto é, os factos políticos que directa ou indirectamente se relacionam com o acesso, a titularidade, o exercício e ocontrolo do poder político. Preocupa-se com a analise do estado e do poder, quer a nívelinterno ou externo.
 
A Ciência política é então o estudo da política, ou seja, do poder  politico, dossistemas políticos, dasorganizaçõese dos processos políticos. Envolve oestudo da estrutura (e das mudanças de estrutura) e dos processos degoverno, ouqualquer sistema equivalente de organização humana que tente assegurar segurança, justiça e direitos civis. Não nos podemos esquecer que o método comparativo éessencial para a ciência politica, na medida em que é o método que permitirá depois deaveriguar o concreto, o real modo de funcionamento das sociedades politicas. Naqualidade de uma dasciências sociais,a ciência política usa métodos e técnicas que podem envolver tanto fontes primárias (documentos históricos, registos oficiais) quantosecundárias (artigos acamicos, pesquisas, análise estatística, estudos de caso econstrução de modelos). A primeira e mais antiga tradição do pensamento devotado aoestudo dos fenómenos políticos é do tipo normativo. A ciência politica só pode ser entendida numa perspectiva tridimensional, ou seja, a sede do poder, a forma e aideologia.A utilidade da ciência política baseia-se na descrição e análise dossistemas políticose do comportamento político e na existência de uma disciplina que consigasistematizar os processos, movimentos e instituições políticas, isto é, os fenómenos poticos. Ajuda através dos seus instrumentos anaticos e teorias a uma melhor compreensão dos sistemas políticos, o que vai proporcionar um melhor conhecimento eaperfeoamento dos sistemas poticos, e que vai permitir aos cidaos maisesclarecidos intervir na legitimação do poder e participar de forma activa na vida política dos Estados.A ciência política abrange diversos campos, como ateoriae afilosofia políticas,os sistemas políticos,ideologia,teoria dos jogos,economia política,geopolítica,geografia política, entre muitos outros.
Objecto:
Existe no interior da ciência política uma discussão acerca do objecto de estudodesta ciência, que, para alguns, é oEstadoe, para outros, o poder.A primeira posiçãorestringe o objecto de estudo da ciência política e a segunda amplia.O poder é visto como o objecto central da ciência politica e deve ser estudadocom base num critério tridimensional: a sede de poder, a forma ou imagem do poder e aideologia.Existem três formas de se abordar os objectos de estudo desta ciência:
Política descritiva, ou empírica:
nesta linha os pesquisadores optam por análises meramente empíricas da realidade política. Sendo uma ciência muitocontroversa, esta fase, ou opção da análise política é de fundamental importânciana colecta de dados fiéis à realidade, distinguindo-se assim das teoriasnormativas.
Teoria política:
nesta abordagem os pesquisadores, partindo dos dadosempíricos articulam-nos à teoria política propriamente dita para compreender eexplicar a realidade considerando insuficiente a mera descrição da realidade talcomo é.
Política comparada:
fundamental na ciência política, esta abordagem da pesquisa busca, através de comparações entre diversas realidades sóciohistóricas, elementos mais gerais da realidade política das sociedades. Tambémaqui é necessária a mediação do dado empírico com a teoria, mas desta vez,através da comparação, tenta-se chegar a elementos generalizáveis da realidade política e questionar hipóteses ou teorias feitas a respeito de uma única realidade delimitada O poder mais do que o Estado tende para ser o fenómeno central da ciênciapolitica.Pressupostos da Ciencia Politica:
1ºpressuposto:
é o relacionamento do Homem com Deus. Sempre que se admiteque existe alguma coisa superior ao homem, a alternativa comum é entre Deus e Estado.A própria ideia de soberania entendida como supremacia absoluta tem dupla correlaçãoreflectida nos atributos que o pensamento ocidental ainda hoje refere não apenas ao estado mas também à autoridade do Papa (soberano), pois diz se que este reina embora não(…)
Mapa conceitual pa1(2)
Anúncios