Sugestão do Professor Flávio Inocêncio PhD


Todas as sugestões e come10802048_10152770055153673_6869815056761251211_nntários relativos a esta crise são considerados como críticas neste País, onde a distinção Schmittiana entre “amigo vs. inimigo” prevalece sobre o bom senso. Os ataques ”ad hominem” e os rótulos desprovidos de sentido substituem a racionalidade da análise e justificam o impossível com um passado que já não é tão recente, para um povo com a idade média de 20 anos. Este é o erro histórico de muitos neste país ; viver de um passado que já é “um país distante” e acharem que todas as sugestões significam que somos do contra.
Para evitar isso, aqui vão algumas “sugestões construtivas” não políticas ou partidárias relativas a crise:

1) Fazer uma reforma do Kwanza e torná-lo numa moeda livremente convertível determinada pela Procura e Oferta, onde as intervenções do BNA com USD seriam por bandas (para evitar crises cambiais apenas). Pouparíamos bilhões de USD anuais.
2) Unificar o Ministério do Planeamento e das Finanças e outros Ministérios.
3) Apostar no Ensino Básico; Todo o aluno que acabe a 4ª classe tem de saber ler, escrever e saber aritmética básica.
4) Proceder a criação de uma Agência reguladora para a qualidade do Ensino Superior e eliminar as “Universidades de esquina”, de cursos de letra e de papel retirando as suas licenças e estabelecer o Inglês como língua obrigatória.
5) Apostar na Saúde com Universidades sérias de Medicina (não apenas Faculdades) em parceria com as melhores Universidades do mundo (devemos evitar Países que não têm dimensão, know –how e capital ).
6) Eliminar todas as quotas de importação, taxas punitivas relativas à importações.
7) Liberalizar a Lei de investimento privado para um sistema de registo simples (eliminar o requisito arrogante de 1 milhão de Dólares).
8) Atrair as grandes empresas agrícolas do mercado Sul-Africano, Brasileiro, Americano e Argentino, porque não é o Estado Angolano que vai produzir arroz ou milho por exemplo. (esse modelo já foi tentado e falhou)
9) Revogar e substituir o quadro regulatório da função pública e eliminar o medievalismo da “antiguidade” como critério que impede o acesso e promoção de muitos.
10) Eliminar a restrição da importação de carros com mais de 3 (três) anos que só beneficia os “importadores oficiais” que também não produzem nada. Estabelecer uma Autoridade da Concorrência.
11) Apostar no processo de integração regional e fomentar a ligação económica com os países da SADC em especial a África do Sul (cujo mercado quase não aproveitamos).
12) Criação de uma Sociedade (Empresa) do Estado de Participações públicas (PPP) em Sociedades (Empresas) privadas multinacionais que “sabem produzir”. Porquê não convidar a Toyota a estabelecer uma fábrica?
13) Estabelecer uma rede de autoestradas . Não é possível criar um mercado interno em Angola sem autoestradas. Ficamos contentes com a reabilitação de estradas minúsculas e nem sequer começamos a construir uma autoestrada sequer. Apostar na rede eléctrica, não há modernidade sem energia.
14) Acelerar as reformas do mercado de capitais em Angola, o que faz com que muitas empresas não pensem sequer em investir em Angola e impede que haja mais capital disponível para a economia.

Anúncios

One thought on “Sugestão do Professor Flávio Inocêncio PhD

  1. Boas ideias. Alguns destes pressupostos já constam dos programas do governo, pelo menos na teoria. O grande problema de Angola é mesmo a forma de execução dos projectos e a incapacidade do sistema judicial de agir nos gravíssimos casos de crimes de colarinho-branco.
    O governo actual não tem nem capacidade nem visão para poder realizar muitos dos pontos mencionados. Vejamos, por exemplo, a educação: investe-se mais no ensino superior do que no ensino básico. Acredito que deveria ser o inverso ou seja, é preciso que tenhamos bases fortes na educação formal. Tudo o resto virá por acréscimo.

    —Fico feliz de saber que isso saiu da cabeça de um jovem angolano. É motivo de orgulho.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s