Por que as nações fracassam


SINOPSE

Porque são umas nações ricas e outras pobres? Serão os responsáveis a cultura, as condições meteorológicas, a geografia? Ou talvez a ignorância de quais são as políticas certas? Pura e simplesmente, não. Nenhum destes fatores é definitivo ou constitui um destino. Se assim não for, como explicar por que razão o Botsuana se tornou um dos países de crescimento mais rápido do mundo, enquanto outras nações africanas, como o Zimbabué, o Congo e a Serra Leoa, estão atoladas na pobreza e na violência?
Daron Acemoglu e James Robinson mostram, de uma forma conclusiva, que são as instituições políticas e económicas criadas pela humanidade que estão subjacentes ao êxito económico (ou à falta dele). Baseando-se em quinze anos de investigação, reuniram indícios históricos espantosos sobre o Império Romano, as cidades-estado maias, a Veneza medieval, a União Soviética, a América Latina, Inglaterra, Europa, Estados Unidos e África para elaborarem uma nova teoria de economia política com enorme relevância para as grandes questões atuais, nomeadamente:

– A China criou uma máquina de crescimento autoritário. Continuará a crescer a uma velocidade tão elevada que esmagará o Ocidente?
– Os melhores dias da América pertencerão já ao passado? Estaremos a passar de um círculo virtuoso, em que o esforço das elites para iluminar o poder são alvo de resistência para outro círculo vicioso, que enriquece e dá poder a uma pequena minoria?
– Qual é a forma mais eficaz de ajudar a transferir milhões de pessoas da rotina da pobreza para a prosperidade? Residirá em mais filantropia por parte das nações ricas do Ocidente?

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Melhor livro do ano.»
Financial Times

««Terá três motivos para adorar este livro. Trata das diferenças dos rendimentos nacionais no mundo moderno, talvez o maior problema que enfrentamos hoje em dia. Está condimentado com histórias fascinantes que o tornarão o centro das atenções nas reuniões sociais – como por exemplo por que razão o Botsuana está a prosperar e a Serra Leoa, não. E é de leitura agradável.»
Jared Diamond, Prémio Pulitzer e autor dos bestsellers Armas, Germes e Aço e The World Until Yesterday

«Um livro verdadeiramente espantoso. Aborda um dos problemas mais importantes das ciências sociais – uma questão que intrigou grandes pensadores, durante séculos – e apresentam uma resposta que é brilhante na sua simplicidade e vigor. Este livro – uma peça notável sobre história, ciência política e economia – irá mudar a forma como abordamos o desenvolvimento económico. Uma leitura obrigatória».
Steven Levitt, coautor de Freakonomics

«Daron Acemoglu e Jim Robinson têm más notícias para aqueles que pensam que o destino económico de uma nação é determinado pela geografia ou pela cultura. São as instituições criadas pelos homens, e não a situação do país ou a crença religiosa dos nossos antepassados, que determinam se um país será rico ou pobre. Sintetizando de uma forma brilhante o trabalho de teóricos como Adam Smith e Douglass North com a investigação empírica mais recente dos historiadores da economia, Acemoglu e Robinson proporcionam-nos um livro interessante e de leitura muito aprazível».
Niall Ferguson, autor de Civilização e A Ascensão do Dinheiro

Fonte: http://www.wook.pt

Anúncios

One thought on “Por que as nações fracassam

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s